acheter du cialis en ligne
user_mobilelogo

Serviços Online

   email  Email

  moodle Moodle

   sumarios logo   Sumários

   sumarios logo   Alunos & E.E.

Ementa Semanal

    icon cardapio  EB1 e JI 

    icon cardapio  EB23PBP

    icon cardapio  ESJBV

    icon cardapio  VEGETARIANA

Sugestões do Mês

   6-Book-Club-icon Leitura

   movie-camera-icon small Cinema

   music-note-SH-icon Música

Documentos Orientadores

    pdf 24  Projeto Educativo 

 

    pdf 24  Projeto Curricular

 

    pdf 24  Plano de Atividades

 

    pdf 24  Regulamento Interno

 

    pdf 24  Plano de Formação

 

    pdf 24  Plano de Melhoria

 

    pdf 24  PNPSE do Agrupamento

Informações úteis

 calendario escolar 

 

 oferta formativa logo

 

provas de aferição

 

 exames 2017 18

 

rankin escolas 2016

 

infoescolasjpg

 

atlas da educação 2015

 

estado da educacao 2015

Projetos e Programas

 Academia de Autores logo

 

PES logo

 

enpar letras

 

logoonde

 

prémio ciência na escola

 

clubes programacao robotica

 

team blasius cansat logo

 

cansat logo

 

comenius logo

 

erasmus logo

 

webinr DGE

 

EuroRun logo

 

seguranet

Siga-nos

facebook logo    twitter logo    youtube logo     

Quem está em linha

Temos 37 visitantes e sem membros em linha

SPOO Serviço de Psicologia e Orientação - SPO visam dotar o sistema educativo das necessárias estruturas especializadas de orientação educativa que, inseridas na rede escolar, assegurem a realização de ações de apoio psicológico e orientação escolar e profissional, previstas no artigo 26º da LBSE.

Os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) foram criados pelo Decreto-Lei n.º 190/91, de 17 de maio, concretizando, assim, o previsto na Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 46/86). 

De acordo com a legislação, são atribuições destes serviços:

  • Contribuir para o desenvolvimento integral dos alunos e para a construção da sua identidade;
  • Apoiar os alunos no seu processo de aprendizagem e de integração no sistema de relações interpessoais da comunidade escolar;
  • Prestar apoio de natureza psicológica e psicopedagógica a alunos, professores, pais e encarregados de educação, no contexto das atividades educativas, tendo em vista o sucesso escolar, a efetiva igualdade de oportunidades e a adequação das respostas educativas;
  • Assegurar, em colaboração com outros serviços competentes, designadamente os de educação especial, a sinalização de alunos com necessidades especiais, a avaliação da sua situação e proposta das intervenções adequadas;
  • Contribuir, em conjunto com as atividades desenvolvidas no âmbito das áreas curriculares, dos complementos educativos e das outras componentes educativas não escolares, para a identificação de fatores psicológicos dos alunos de acordo com o seu desenvolvimento global e nível etário;
  • Promover atividades específicas de informação escolar e profissional, suscetíveis de ajudar os alunos a situarem-se perante as oportunidades disponíveis, tanto no domínio dos estudos e formações como no das atividades profissionais, favorecendo a indispensável articulação entre a escola e o mercado de trabalho;
  • Desenvolver ações de aconselhamento psicossocial e de carreira dos alunos, apoiando o processo de escolha e o planeamento de carreiras;
  • Colaborar em experiências pedagógicas e em ações de formação de professores, bem como realizar e promover a investigação nas áreas da sua especialidade.  

Os SPO destinam-se a promover a existência de condições que assegurem a plena integração escolar dos alunos, devendo conjugar a sua atividade com os órgãos de direção e gestão, com as estruturas de coordenação e supervisão pedagógica e mesmo promover esta articulação, sendo ela própria um contributo para a qualidade da educação.

Considerando que as atribuições do SPO contemplam a orientação vocacional, bem como o apoio psicológico, psicopedagógico e o apoio ao desenvolvimento do sistema de relações da comunidade educativa, este serviço integra-se nos serviços técnico-pedagógicos da escola.

A integração, em contexto escolar, da especificidade técnica do serviço, viabiliza a partilha com a comunidade educativa, o que proporciona uma multiplicidade de abordagens, conduzindo a respostas mais integradoras.

Este enquadramento é, portanto, fundamental, constituindo um fator que contribui para a qualidade do serviço educativo prestado, pela possibilidade de articulação com os diferentes atores do processo educativo e pelo conhecimento contextualizado das situações; é essencial para adequar e monitorizar, de forma sistemática as respostas e torná-las um contributo significativo para as metas do Projeto Educativo.