acheter du cialis en ligne
user_mobilelogo

Selos de Qualidade

Escola Saudável original 3nivel

Serviços Online

   email  Email

  moodle Moodle

   eschooling logo2  Sumários

   eschooling logo2  Alunos & E.E.

Refeitório - Ementas

    icon cardapio  EB1 e JI 

    icon cardapio  EB23PBP

    icon cardapio  ESJBV

 

Sugestões do Mês

   6-Book-Club-icon Leitura

   movie-camera-icon small Cinema

   music-note-SH-icon Música

Documentos Orientadores

    pdf 24  Carta de Missão 

 

    pdf 24  Projeto Educativo

 

    pdf 24  Plano de Atividades

 

    pdf 24  Regulamento Interno

 

    pdf 24  Plano de Formação

 

    pdf 24  PNPSE do Agrupamento

 

     pdf 24  Promoção da Disciplina

Projetos do Agrupamento

 Academia de Autores logo

 

PES logo

 

infopoint aejbv logo

Projetos Erasmus +

 comenius logo

 

MUSEUMS IN EDUCATION logo

 

Consious Consumers of Future logo 

 

logo

Projetos Nacionais

PNL logo

 

FIPCE 18 19 png

 escola amiga da crianca logo

 

 programacao robotica

 

scratch logo

 

webinr DGE

 

EuroRun logo

 

seguranet

Siga-nos

facebook logo    twitter logo    youtube logo     

Quem está em linha

Temos 18 visitantes e sem membros em linha

Proteção de Dados

Encarregado de Proteção de Dados
Jorge Manuel Carrasquinho Vieira
rgpd.dsral@dgeste.mec.pt
Telefone: 289 893 900
Morada: EN125, Sítio das Figuras,
8000-761 Faro

a estranha ordem das coisasAutor: António Damásio

Editora: Temas e Debates

Género: Ensaio

Ano: 2017

Páginas: 384

Excerto

 

Sobre o livro:

A resposta habitual a esta pergunta remete para a excecional inteligência humana, auxiliada por uma faculdade ímpar: a linguagem.

Em A Estranha Ordem das Coisas, António Damásio proporciona uma resposta diferente. Ele afirma que os sentimentos - de dor, sofrimento ou prazer antecipado - foram as forças motrizes primordiais do empreendimento cultural, os mecanismos que impulsionaram o intelecto humano na direção da cultura.

Além disso, propõe que os sentimentos monitorizaram o sucesso ou o fracasso das nossas invenções culturais e permanecem, ainda hoje, envolvidos nas operações subjacentes ao processo cultural, para o melhor e para o pior. 

A interação favorável e desfavorável de sentimento e razão deve ser reconhecida se quisermos compreender os conflitos e as contradições que afligem a condição humana, desde os dramas humanos pessoais até às crises políticas.

Sobre o autor:

António DamásioMédico neurologista e investigador português, nascido em 1944 e radicado nos EUA desde 1975, é diretor do Departamento de Neurologia da Universidade de Iowa, com categoria de Van Allen Professor e catedrático, para além de lecionar como Adjunct Professor no Salk Institut, em La Jolla, na Califórnia. No Iowa, com sua mulher, Hanna, promoveu a criação de uma importante unidade de investigação para o conhecimento da atividade cerebral e suas relações com a memória, linguagem, emoções e os mecanismos de decisão. Trata-se de um dos principais laboratórios de neurociências cognitivas - relação cérebro-mente - do mundo científico.

Damásio é também um conhecido conferencista da especialidade, tendo apresentado comunicações de grande qualidade em reputadas instituições científicas, seminários e congressos nos EUA. Desde 1981, é maitre de conferences em neurologia do comportamento na famosa Universidade de Harvard, no mesmo país. É também membro de diversas academias e instituições americanas e europeias, como a National Academy of Sciences, a American Academy of Neurology e a European Academy of Sciences and Arts, para além da Academy of Aphasia e da Behavioral Neurology Society, das quais foi presidente. Desde 1997, com sua mulher, é membro da National Academy of Sciences and Arts.

A sua investigação tem sido determinante na especialidade da neurologia - em que é um dos mais importantes cientistas do mundo - o que tem proporcionado a António Damásio uma série de distinções e prémios nos EUA e na Europa. Em 1990 recebeu da American Medical Association o prémio William Beaumont, sendo agraciado, para além de outros de menor nomeada, com o Golden Brain Award em 1995. Neste ano, a revista americana Time dedicou-lhe uma capa e um artigo de oito páginas. Em Portugal, conjuntamente com sua mulher, foi distinguido com o Prémio Pessoa em 1992.

São inúmeros os seus artigos publicados em revistas científicas, para além das suas comunicações em reuniões e congressos internacionais, mas Damásio tem também brilhado em publicações de maior envergadura e voltadas para um público mais vasto. Uma delas, O Erro de Descartes, saído do prelo em 1995, foi um êxito de vendas, tendo sido traduzido para 17 idiomas.

No Outono de 1999, lançou o livro, The Feeling of Happens, cujo título português é O Corpo e a Emoção na Construção da Consciência e em 2000 lançou o livro O Sentimento de Si.

A sua obra mais recente, anterior a que agora se publica, é O Livro da Consciência, publicado em Setembro de 2010.